SC recebe mais 228 mil doses de vacinas contra a Covid-19 nesta segunda-feira

Inicio Saúde & Bem-Estar

SC recebe mais 228 mil doses de vacinas contra a Covid-19 nesta segunda-feira

Ainda está prevista a chegada de mais 22.230 doses da vacina Pfizer/Cominarty para às 19h05 desta terça-feira (18)

“Não paramos em lugar nenhum” diz Ministro da Infraestrutura sobre obras
Laboratório chinês volta a negar que deixou escapar coronavírus
Ex-gerente de compras da Saúde do Amazonas aponta envolvimento do governador Wilson Lima em compra de respiradores
< br > < br >

 

Santa Catarina recebe 228 mil doses de doses da vacina Astrazeneca/Fiocruz nesta segunda-feira (17). O imunizante contra o novo coronavírus (Covid-19) tem previsão de chegada para às 23h55 no Aeroporto Internacional Hercílio Luz, em Florianópolis.

A orientação é que destas 228 mil doses, 83.200 sejam destinadas para a primeira e 144.800 para a segunda.

A Dive/SC (Diretoria de Vigilância Epidemiológica de Santa Catarina) deve divulgar um cronograma de distribuição e emitir a nota técnica para os municípios do Estado assim que confirmada a chegada das novas doses.

De acordo com o Ministério da Saúde, ainda está prevista a chegada de mais 22.230 doses da vacina Pfizer/Cominarty para às 19h05 desta terça-feira (18).

SC ultrapassa marca de 2 milhões de doses aplicadas

Na última sexta-feira (14), Santa Catarinense ultrapassou a marca de 2 milhões de doses aplicadas de vacinas contra a Covid-19. Deste total, 1.319.788 correspondem à primeira dose e 685.309 à segunda.

< br > < br >

 

“Santa Catarina atinge uma marca importante na vacinação, entretanto, é fundamental que as equipes municipais continuem vacinando de forma célere os grupos prioritários elencados no plano estadual de vacinação momento”, salienta João Augusto Brancher Fuck, diretor da Dive/SC.

Os grupos prioritários que já iniciaram a vacinação são: os trabalhadores da saúde, as pessoas com deficiência e os idosos institucionalizados, os indígenas, os quilombolas, os idosos com 60 anos ou mais, os profissionais das forças de segurança e salvamento e as pessoas com comorbidades, deficiência permanente grave, as gestantes e as puérperas com comorbidades.

COMENTÁRIOS

WORDPRESS: 0