Samsung apresenta novidades da área de Healthcare durante congresso de medicina fetal

Inicio Saúde & Bem-Estar

Samsung apresenta novidades da área de Healthcare durante congresso de medicina fetal

Nos dias 1º e 8 de agosto será realizado, de forma totalmente online, a décima edição do FMFLA, o Congresso Internacional de Medicina Mate

Por que cuidar bem da saúde dos pés? – Por Célia Lemos
Conheça a solução portátil da Samsung que ajuda a manter o acompanhamento pré-natal em casa
Saúde depende de pesquisas científicas para manter a humanidade saudável

Nos dias 1º e 8 de agosto será realizado, de forma totalmente online, a décima edição do FMFLA, o Congresso Internacional de Medicina Materno-Fetal. A Samsung, que no Brasil atua com vasto portfólio de sistemas de ultrassom, ferramentas fundamentais para os cuidados com a saúde fetal e da mulher, é uma das apoiadoras do evento e apresentará novidades da área de Healthcare.

O congresso é especialmente voltado para profissionais da medicina fetal e as inscrições podem ser feitas pelo link https://doity.com.br/10fmfla. Importantes nomes nacionais e internacionais da medicina fetal ministrarão palestras virtuais ao longo da programação do evento, que vai servir também para apresentação e discussão de novidades e tendências.

“O 10º FMFLA é uma oportunidade importante para profissionais de saúde se atualizarem sobre essas novas tendências e para que possam aplicar todo esse conhecimento em suas rotinas. A medicina materno-fetal é essencial para a prevenção de doenças e para identificação precoce de problemas de modo que as condutas clínicas adotadas tenham mais chance de sucesso. Profissionais tecnicamente qualificados e atualizados no que se refere às mais novas tecnologias disponíveis para o diagnóstico em medicina fetal são a garantia de um atendimento de excelência para toda a população, ressalta Walter Brandstetter, gerente clínico da divisão de HME da Samsung Brasil.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é hme-1.png

Durante o congresso online a Samsung fará o lançamento oficial do seu mais novo integrante da família HERA, o W9, que estará disponível para comercialização a partir de setembro deste ano. O modelo combina tecnologias de imagem superior com design ergonômico e fluxo de trabalho intuitivo e simplificado. A alta performance de imagem do HERA W9 está relacionada a um novo conceito de produção de imagens digitais, o Crystal Architecture. Ela que combina o CrystalBeam (nova tecnologia aplicada à formação de feixes de ultrassom) e o CrystalLive (mais avançado mecanismo computacional de processamento de imagens da Samsung, aplicado para 2D, 3D, 4D, 5D e Doppler), juntamente com a tecnologia S-Vue de transdutores para oferecer resultados mais rápidos e cristalinos.

ShadowHDR, MV-Flow e LumiFlow são outros recursos avançados presentes no HERA W9 que contribuem com o alto nível de detalhamento das imagens. Estes recursos ajudam respectivamente a explorar zonas com maior atenuação acústica no feto (ex. coluna e cabeça) e na identificação e caracterização da anatomia vascular de pequenos vasos. Todos esses recursos fazem com que o trabalho de avaliação dos médicos acerca da saúde fetal e da paciente seja potencializado.

A Samsung é mundialmente reconhecida por seu trabalho de excelência para medicina fetal. A tecnologia 5D Heart Color, que utiliza inteligência artificial e é exclusiva dos sistemas de ultrassom produzidos pela empresa, foi desenvolvida em 2013 com a chancela do governo dos Estados Unidos e possui sensibilidade de 98%¹ na identificação e prevenção de problemas cardiológicos nos fetos.

O 5D Heart Color está presente nas linhas HS60, HS70A, WS80A Elite e toda família HERA dos sistemas de ultrassons da Samsung e já foi referendado por diversos órgãos e associações ligadas à Saúde, como a American Heart Association e a ISUOG (Sociedade Internacional de Ultrassonografia em Obstetrícia e Ginecologia)². Além disso, o 5D Heart Color tem atuação mais abrangente até do que as recomendações básicas de pré-natal presentes na Diretriz Brasileira de Cardiologia Fetal³, publicada em 2019.

COMENTÁRIOS

WORDPRESS: 0