Inicio Poder

Quando o extremismo é de esquerda a Ministra Cármen Lúcia some, diz Guzzo

“Quando o extremismo é de esquerda ela some. Não deu um pio quando picharam de vermelho o seu prédio em BH”, destaca Guzzo. Cármen Lúcia, ministra do

WhatsApp desativa contas do PT por disparos em massa
Geraldo Alckmin é indiciado por suspeita de corrupção e lavagem de dinheiro
Luiza Brunet perde na Justiça e fica sem direito à fortuna do ex

“Quando o extremismo é de esquerda ela some. Não deu um pio quando picharam de vermelho o seu prédio em BH”, destaca Guzzo.

Cármen Lúcia, ministra do Supremo Tribunal Federal (STF), rejeitou, na última quinta-feira (18), o habeas corpus impetrado pela defesa da ativista Sara Winter, presa no âmbito do inquérito da Corte sobre “atos antidemocráticos”.

Em mensagem no Twitter, o jornalista J.R. Guzzo ironizou ao dizer que a ministra “é muito valente no combate ao extremismo de direita”:

“A ministra Carmen Lucia é muito valente no combate ao extremismo de direita: negou o habeas corpus pedido pela ‘ativista’ cujos amigos foram soltar rojão na frente do STF. Quando o extremismo é de esquerda ela some. Não deu um pio quando picharam de vermelho o seu prédio em BH.”

Em abril de 2018, militantes do Partido dos Trabalhadores (PT) jogaram tinta vermelha nas paredes externas de prédio em Belo Horizonte, onde a ministra tem um apartamento.

COMENTÁRIOS

WORDPRESS: 0