Inicio Política

Pontual aponta segundo turno entre Amazonino e David Almeida

Uma semana após publicar pesquisa eleitoral para a Prefeitura de Manaus, o Instituto Pontual divulga, nesta quinta-feira, 29, com exclusividade pelo Portal O Poder, novos números desta corrida eleitoral. Se a eleição fosse hoje, o segundo turno estaria definido entre Amazonino Mendes (Podemos) e David Almeida (Avante).

Mirtes Salles repercute lei que estimula prevenção do câncer entre servidoras do Estado
‘Mais uma farsa desmontada’, celebra o Presidente Bolsonaro
Sem partido e a apenas três meses das eleições, Dissica Tomaz está fora da disputa pela prefeitura de Eirunepé

Uma semana após publicar pesquisa eleitoral para a Prefeitura de Manaus, o Instituto Pontual divulga, nesta quinta-feira, 29, com exclusividade pelo Portal O Poder, novos números desta corrida eleitoral. Se a eleição fosse hoje, o segundo turno estaria definido entre Amazonino Mendes (Podemos) e David Almeida (Avante).

Resultado da estimulada

Nesta edição, Amazonino subiu 1,1 ponto percentual, chegando a 33,2% das intenções de voto; seguido de Almeida, que registou 14,6%. Ricardo Nicolau (PSD) subiu uma posição, ficando em terceiro lugar, com 9,3%, tendo em seu encalço José Ricardo (PT), com 7,2%.

O candidato Alberto Neto (Republicanos) se manteve na quinta posição, com 5,6%, tendo Coronel Menezes lhe ameaçando, com 4,5%.

Ex-prefeito de Manaus, Alfredo Nascimento (PL) caiu para a sétima posição, com 3,5%; seguido de Chico Preto (DC) e Romero Reis (Novo), empatados com 1,0%.

Praticamente sem pontuar estão os candidatos Gilberto Vasconcelos (PSTU) e Marcelo Amil (PCdoB), com 0,2% cada um.

Os indecisos somaram 9,3% e os brancos e nulos, 10,4%.

Rejeição

O baixíssimo desempenho de Alfredo Nascimento na pesquisa tem reflexo direto em sua rejeição. Ele aparece em primeiro lugar com 27,7% de negativa; seguido de Amazonino Mendes, com 21,2%.

Zé Ricardo aparece em terceiro lugar, com 8,0% de rejeição dos entrevistados; depois David Almeida, com 5,4%; Nicolau, 3,7% e Chico, com 3,0%.

Alberto Neto tem 2,8% de rejeição, depois Amil, com 2,6%; Menezes, com 2,1% e, nas duas últimas posições estão Gilberto Vasconcelos, com 1,9% e, Romero Reis, com 1,6%.

Os que não souberam responder foram 9,2% e os que rejeitam a todos os candidatos somaram 10,8%.

Segundo turno

A pesquisa Pontual também testou três cenários de segundo turno em que Amazonino Mendes enfrenta os três candidatos que aparecem na briga pela segunda vaga na eleição, saindo vitorioso nas três sondagens.

Amazonino e David Almeida

Num segundo turno entre os dois primeiros colocados, a pesquisa Pontual mostra que Amazonino sairia vencedor com 44,2% das intenções de voto contra 35,8% adquiridos por David Almeida.

Neste cenário, os indecisos somaram 5,3% e os brancos e nulos, 14,7%.

Amazonino e Ricardo Nicolau

Quando a disputa é com o deputado Ricardo Nicolau, o ex-governador tem uma vantagem maior, com 46,3% contra 32,2% do adversário.

Os indecisos somaram 6,1% e os brancos e nulos, 15,4%.

Amazonino e José Ricardo

Com o deputado federal José Ricardo, Amazonino amplia sua vantagem e seria eleito com 50,7% dos votos contra 26,1% de seu adversário.

Os indecisos somaram 5,7% e os que votariam branco e nulo, 17,5%.

Quem deverá vencer?

Os pesquisadores perguntaram, ainda, dos entrevistados, quem dos 11 candidatos, na opinião deles, deverá vencer o pleito e, 35,2% afirmaram que seria Amazonino Mendes; seguido de David Almeida, com 13,2% e, Nicolau, 8,3%.

Alberto Neto vem mais abaixo, com 5,9%; seguido de Zé Ricardo, com 5,5% e, Menezes, com 4,4%.

Alfredo Nascimento só conseguiu 3,0%; Chico Preto e Romero Reis aparece empatados com 0,7% cada um e, também empatados estão Gilberto Vasconcelos e Marcelo Amil, ambos com 0,2%.

Não souberam responder 22,7% dos entrevistados.

‘Números em movimento’

Conforme o diretor do Instituto Pontual, Eric Barbosa, os números da eleição estão em movimento com uma intensa disputa entre os candidatos para conquistar o voto dos indecisos e daqueles que deverão votar branco ou nulo.

“A partir da próxima semana, o resultado final dessa eleição começa a se desenhar”, afirma o pesquisador.

A pesquisa foi realizada em todas as zonas de Manaus em que foram entrevistados 1066 eleitores entre os dias 23 e 28 deste mês e está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número AM-00983/2020. A margem de erro é de 3.0%.

 

 

 

COMENTÁRIOS

WORDPRESS: 0