Inicio Amazonas

PGR quer investigar o governador do Amazonas por compra de respiradores com sobrepreço de 316%

Assembleia Legislativa aprovou dias atrás intervenção federal na Saúde do estado. A Procuradoria-Geral da República (PGR) pediu ao Superior Tribunal d

Amazonas vacinou 75% da população alvo da campanha contra H1N1
UEA leva o nome do Amazonas para Green Rio 2019
Polícia Federal deflagra operação no Amazonas para desarticular crimes no INSS

Assembleia Legislativa aprovou dias atrás intervenção federal na Saúde do estado.

A Procuradoria-Geral da República (PGR) pediu ao Superior Tribunal de Justiça (STJ), nesta segunda-feira (27), a abertura de inquérito para apurar a compra pelo governo do Amazonas de vinte e quatro ventiladores hospitalares pelo valor de R$ 2,9 milhões.

Além de não ser adequado para tratamento de pacientes com o novo coronavírus, o equipamento foi adquirido com sobrepreço de 316%, de acordo com o MP de Contas.

Para deixar a negociação ainda mais nebulosa, a venda foi feita por uma adega de vinhos — Vineria Adega –, cuja razão social é FJAP e Cia, segundo apurações de O Antagonista.

O site afirma que todo o procedimento de compra foi concluído em 24 horas, desde o envio da proposta, homologação, emissão da nota fiscal e liberação da ordem bancária.

Em nota divulgada no último dia 21, o governo de Wilson Lima afirma que os fornecedores aumentaram o preço diante da pandemia.

 

Com Informações do Renova Mídia

COMENTÁRIOS

WORDPRESS: 0