Inicio Polícia

Batalhão Ambiental resgata mais de 100 animais silvestres em cinco meses

O Comando de Policiamento Ambiental da Polícia Militar, por meio do Batalhão de Policiamento Ambiental, resgatou 114 animais silvestres somente nos ci

Bebê de um ano morre em posto do Ministério Público do Estado após suposto estupro
Após ser baleada na cabeça, jovem perdeu o bebe e continua em estado grave
‘Vampiro do Itapoã’ é preso suspeito de matar e beber sangue do vizinho

O Comando de Policiamento Ambiental da Polícia Militar, por meio do Batalhão de Policiamento Ambiental, resgatou 114 animais silvestres somente nos cinco primeiros meses de 2019. Mamíferos, répteis e diferentes tipos de aves, incluindo um pelicano, estão na lista dos bichos recolhidos em situação de risco e encaminhados para o centro de triagem de animais silvestres do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama).

No centro, os animais são submetidos a uma avaliação para verificar o estado de saúde, sinais de maus tratos, doenças ou parasitas. Depois disso, é analisada a condição de reinserção do animal na natureza, o que ocorre na maioria dos casos. Apenas os ofídios peçonhentos, como a jararaca, por exemplo, são encaminhados a um serpentário no Museu da Amazônia (Musa), Cidade de Deus, zona norte de Manaus.

De acordo com o Batalhão Ambiental, encontrar esses animais em residências ou transitando em meio urbano pode causar espanto nas pessoas ou fazer com que elas tentem capturar o animal para mantê-lo em casa. Mas manter animais silvestres presos é crime.

Para combater essas práticas e preservar esses animais, o Batalhão desenvolve ações com objetivo de informar, orientar e sensibilizar a população, conforme explica o coronel Miguel Marinho.

“O policiamento ambiental desenvolve um programa de educação ambiental intitulado Vitória Régia desde o ano de 2008. Esse programa é realizado em escolas públicas de Manaus, no ciclo básico, onde são apresentadas informações sobre o meio-ambiente e suas leis”, disse.

A maior parte das apreensões é de répteis (62), seguido dos mamíferos (37) e das aves (15). Tracajás (26), Preguiças (18), jiboias (16) e jacarés (15) foram os bichos mais apreendidos entre janeiro e maio, conforme dados do Batalhão Ambiental da PM.

ANIMAIS / QUANTIDADE
Mamíferos

Tamanduá / 1
Sauim-de-coleira / 1
Macaco Guariba / 1
Preguiça Real / 12
Macaco Barrigudo / 1
Preguiça Bentinho / 6
Macaco de cheiro / 1
Peixe-Boi (filhote) / 4
Tamanduá / 2
Porco Espinho / 6
Jaguatirica / 2

Aves

Periquito Maracanã / 1
Arara Vermelha / 1
Papagaio / 1
Tucano / 2
Curió / 1
Aratinga / 1
Pelicano / 1
Pariri / 2
Frango D’água / 5

Répteis

Jiboias / 16
Jacarés / 15
Cobra Coral / 2
Jabuti / 1
Jararaca / 1
Tartaruga / 1
Tracajá / 26

 

Foto: Divulgação

COMENTÁRIOS

WORDPRESS: 0