• No products in the cart.

Vídeo: Lutador de 20 anos morre após sofrer nocaute durante evento de MMA em Manaus

 

O diretor de disciplina e árbitro central da Camma-AM, Orlean Smith, também comentou sobre a morte. Ele trata o caso como “fatalidade”.

“O Mateus estava ganhando o primeiro e o segundo round. Estava indo bem. No terceiro ele já começou mais fraco. O adversário conseguiu encaixar dois golpes legais que fizeram ele ir pro chão. É uma fatalidade triste demais, estamos todos em choque”

– O evento tinha uma estrutura muito boa, mesmo sendo um evento que ainda está começando. Eles tinham uma ambulância particular que estava estacionada num estacionamento privado da casa. Nós, para socorrer com a maior agilidade, levamos o Mateus direto para um carro que parou na porta. Uma Fiorino que levou direto pro hospital – acrescentou.

Orlean também afirmou que as lutas que aconteceriam ao longo do evento chegaram a ser interrompidas durante o ápice do caso. Mateus fez a primeira luta da noite de MMA, que recebeu outras cinco combates.

“Quando isso aconteceu, interrompemos as lutas. Tinha sido a primeira e todo mundo ficou preocupado. A casa continuou movimentada, mas seguramos as lutas. Até que deram notícias do hospital de que ele estava melhorando. Então voltamos. Como era um evento amador, é tudo muito rápido. Foram mais cinco lutas. A última acabou por volta de 23h20. Ele não tinha morrido ainda”, finalizou.

Mateus já tinha feito duas lutas no MMA amador e se preparava para seguir carreira profissional — Foto: Arquivo Pessoal

Mateus já tinha feito duas lutas no MMA amador e se preparava para seguir carreira profissional — Foto: Arquivo Pessoal

Sem Comentários

Deixe um Comentário