Projeto de Lei propõe inclusão de psicólogos e psiquiatras nas equipes de saúde da família

Começou a tramitar hoje, 31 de outubro, na Câmara Municipal de Manaus (CMM), um Projeto de Lei (PL) de autoria do vereador Alonso Oliveira que propõe a inclusão de profissionais de saúde mental nas equipes de saúde da família na capital amazonense. Se aprovada, a medida se aplica a todas as equipes já implantadas e àquelas a implantar na cidade.

De acordo com o texto do projeto, por profissionais de saúde mental entendem-se psicólogos e médicos psiquiatras devidamente inscritos nos respectivos conselhos regionais de suas categorias.

Em sua justificativa, o vereador afirma que “desde a conquista social do Sistema Único de Saúde (SUS), a atenção médico-familiar básica e a política de saúde mental são princípios estratégicos de atuação. Um dos desafios, no entanto, em âmbito das políticas públicas de saúde mental é a necessidade de consolidação de redes de atenção mental básica – o que este projeto legal tenta suprir”.

Alonso diz que a medida é cada vez mais necessária, uma vez que os problemas de origem psicológica parecem estar crescendo cada vez mais em toda população. “As pessoas sofrem cada vez mais com doenças como depressão e ansiedade, além de muitos outros. Cuidar disso na atenção básica, no meu ponto de vista, é uma medida preventiva que pode salvar milhares de vidas”, afirmou o vereador.

Sem Comentários

Deixe um Comentário