Polícia Civil apreende cinco pessoas durante ação deflagrada na capital

A equipe de investigação da Delegacia Especializada em Apuração de Atos Infracionais (Deaai), sob o comando da delegada Elizabeth de Paula, titular da especializada, deflagrou ao longo de segunda-feira (17/6) e terça-feira (18/6), operação policial para cumprir mandados de busca e apreensão por crimes distintos. Ao longo dos trabalhos, três adolescentes, de 14, 15 e 17 anos, além de dois jovens de 18 anos, foram apreendidos em bairros diferentes da capital.

De acordo com a autoridade policial, os mandados de busca e apreensão foram expedidos em razão de atos infracionais análogos aos crimes de homicídio e tentativa de homicídio, tráfico de drogas, roubo majorado e estupro de vulnerável. Conforme a delegada, as apreensões dos três adolescentes ocorreram nas casas deles, nos bairros Tarumã, na zona oeste da capital; Alvorada, na zona centro-oeste, e Jorge Teixeira, na zona leste de Manaus.

Já os jovens foram apreendidos também nas residências deles, localizadas nas comunidades Grande Vitória e Nova Vitória, ambas situadas no bairro Gilberto Mestrinho, zona leste da cidade. “A adolescente de 17 anos foi apreendida por ato infracional análogo ao crime de tráfico de drogas, porém, ao longo das investigações, descobrimos que ela tem envolvimento em homicídio que ocorreu no ano de 2017”, explicou a delegada.

Segundo a titular da Deaai, o adolescente de 14 anos vai responder por ato infracional análogo ao crime de estupro de vulnerável e será levado ao Centro Socioeducativo de Semiliberdade Masculino. Já o adolescente de 15 anos vai responder por ato infracional análogo ao crime de tentativa de homicídio e também será encaminhado ao mesmo centro socioeducativo, situado na alameda A do Conjunto Álvaro Neves, segunda etapa do bairro Dom Pedro, zona centro-oeste da capital.

Elizabeth de Paula informou que a adolescente de 17 anos vai responder por ato infracional análogo ao crime de homicídio e tráfico de drogas. Após os procedimentos cabíveis na especializada, ela será encaminhada à Unidade de Internação Provisória (UIP).

Um dos jovens de 18 anos vai responder por ato infracional análogo ao crime de roubo majorado o outro por tráfico de drogas. Um será levado também à UIP, situada na avenida Desembargador João Machado, bairro Alvorada. O outro será encaminhado ao Centro Socioeducativo Dagmar Feitosa, localizado na rua Vivaldo Lima, bairro Alvorada, onde deverá cumprir medida socioeducativa.

Foto: Divulgação

Sem Comentários

Deixe um Comentário