• No products in the cart.

Mirtes Salles manifesta apoio à instalação da CPI para investigar a Unimed Manaus

Durante o pequeno expediente desta quarta-feira (15/5), a vereadora Mirtes Salles (PR) usou a tribuna da Casa para prestar apoio ao vereador Professor Fransuá (PV) no pedido de abertura de Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar Unimed Manaus. A autoria do requerimento é do vereador Professor Fransuá. O objeto da CPI é investigar o processo demissional de colaboradores da Unimed Manaus, a situação dos cooperados e atendimentos aos clientes da cooperativa.

Mirtes Salles, vice-presidente da Comissão de Defesa do Consumidor (Comdec), lembrou da primeira CPI instaurada contra a Unimed. Segundo a parlamentar, relatório apontava, à época, que a Unimed já tinha um déficit de mais de 30 milhões com o município, e que não realizava o pagamento dos direitos trabalhistas de seus colaboradores previstos na CLT, tais como: aviso prévio, pagamento do 13º salário, férias e adicional de 1/3, férias proporcionais – entre outros.

“Hoje a Unimed tem uma dívida de má prestação de serviço com os consumidores e fere o artigo 14 do CDC (Código de Defesa do Consumidor), onde diz que o fornecedor de serviços responde, independentemente da existência de culpa, pela reparação dos danos causados aos consumidores por defeitos relativos à prestação dos serviços, bem como por informações insuficientes ou inadequadas sobre sua fruição e riscos”, disse Mirtes Salles.
A vereadora Mirtes Salles concluiu dizendo que a Câmara não pode deixar 60 mil usuários à mercê.

Sem Comentários

Deixe um Comentário