• No products in the cart.

Maduro diz que premiê da Espanha é um fantoche de Trump

Maduro não poupou o primeiro-ministro da Espanha de críticas após reconhecimento de Guaidó como presidente em exercício da Venezuela.

O ditador Nicolás Maduro classificou nesta segunda-feira (4) o primeiro-ministro da Espanha, Pedro Sánchez, de ser um “fantoche” a serviço dos Estados Unidos.

A fúria de Maduro foi desencadeada após o governo espanhol reconhecer, junto a outros países europeus, o opositor Juan Guaidó como presidente interino.

“A história se lembrará dele como um fantoche que se colocou a serviço da política belicista de Donald Trump”, disse Maduro, referindo-se a Sánchez.

Segundo a ISTOÉ, o líder chavista afirmou:

“Eu disse desde o primeiro dia: a Venezuela não dá ultimato a ninguém, nem ao senhor Pedro Sánchez nem a ninguém no mundo. A Venezuela é um país independente, livre e soberano.”

E, referindo-se à decisão de Madri, junto com inúmeros países da Europa, de reconhecer Guaiadó como presidente interino da Venezuela, enfatizou:

“Hoje o governo covarde da Espanha tomou uma decisão desastrosa na história das relações entre a Espanha e a Venezuela.”

Sem Comentários

Deixe um Comentário