• No products in the cart.

Luta Olímpica comemora vaga na Seleção Brasileira e Pan-Americano

Os atletas do Centro de Treinamento e Alto Rendimento do Amazonas (Ctara), da modalidade Luta Olímpica, realizaram na manhã desta segunda-feira (20/05), uma visita de agradecimento à Secretaria de Estado de Juventude, Esportes e Lazer (Sejel) pelo incentivo dado pelo Governo do Amazonas à equipe durante o ano de 2019 e que está trazendo muitos resultados para o Amazonas.

No último fim de semana, os lutadores amazonenses participaram do Campeonato Brasileiro de Wrestling, realizado no Rio de Janeiro, e trouxeram para casa não apenas medalhas de ouro, prata e bronze, mas também uma vaga na seleção Brasileira que vai disputar os Jogos Pan-Americanos em agosto, no Peru.

“A Luta Olímpica tem nos trazido resultados espetaculares. Temos poucos atletas no Amazonas e desses, muitos estão na Seleção Brasileira graças ao nosso altíssimo nível técnico”, parabenizou o titular da Sejel, Caio André de Oliveira.

A vaga de titular da Seleção Brasileira é do atleta Daniel Alves, que em fevereiro havia garantido o direito de disputar o Pré-Pan. Dessa vez, Daniel iniciou a competição perdendo para o adversário do Rio de Janeiro, que por sua vez perdeu para outro amazonense, David Washington. Daniel então disputou com David e garantiu a vaga.

“Não tem favoritismo. Entrei desconcentrado e perdi. O nível é muito alto. Nas finais, consegui superar meu amigo e irmão de treinos. Estou triste que ele não vai, mas estou superfeliz por ter conseguido mais esse bom resultado pra minha carreira. Ele me ajudou”, reconhece Daniel.

O presidente da Federação Amazonense de Luta Livre Esportiva e Luta Olímpica (Falle), Waldeci Silva, por meio do secretário Caio André, agradeceu ao governador.

“Sabemos de todo o momento que nosso Estado passa, mas ele acreditou e garantiu as passagens de boa parte da nossa equipe. Lamentamos pelos que não foram, pois treinaram muito e poderiam trazer bons resultados, mas no primeiro ano de governo, Wilson Lima e Caio André nos fortaleceram”, desabafou Waldeci. Nosso empenho é pela Luta Olímpica, pela juventude e pelo Amazonas.

Escolinha – A escolinha de Luta Olímpica da Vila Olímpica de Manaus, continua recebendo inscrições de jovens de 9 a 14 anos de idade para as aulas de iniciação, nos contraturnos escolares de quem se inscrever. Quem estuda à tarde, treina pela manhã e vice-versa.

“É importante que os pais tragam seus filhos e acompanhem pelo menos um treino. A Luta Olímpica ajuda no desenvolvimento dos jovens em todos os sentidos e estamos de braços abertos para os novos alunos”, finalizou o presidente da Federação amazonense.

Foto: Mauro Neto

 

Sem Comentários

Deixe um Comentário