• No products in the cart.

Deputado Péricles comemora data-base de delegados e reforça luta pela Segurança Pública

O deputado estadual Delegado Péricles (PSL) comemorou, na noite da última sexta-feira (12), o que considerou mais uma vitória das bandeiras relacionadas à Segurança Pública defendidas por ele: o anúncio do pagamento da data-base dos delegados de Polícia Civil do Amazonas (PCAM). Na semana passada foram os policiais e os bombeiros militares que alcançaram o merecido pleito.

A decisão foi anunciada pelo governador Wilson Lima, durante reunião com a categoria, na sede do Governo do Estado, no bairro Compensa, zona oeste.

“Depois de muita luta, alcançamos essa conquista. O governador foi sensível à nossa reivindicação. Há dois meses estive aqui mesmo expondo a ele essa injustiça com a categoria, que precisava ser corrigida. Os delegados eram os únicos do quadro do Sistema de Segurança Pública que não recebiam data-base desde 2015 e hoje ele honrou sua palavra”, comemorou.

O parlamentar disse esperar que a garantia de data-base dos agentes de segurança pública seja o primeiro de muitos anúncios em prol da Segurança Pública do Estado e, principalmente, de quem faz com que ela aconteça. “Nossos delegados já mereciam essa decisão. Era o mais justo. Que nossos policiais militares e civis, nosso Corpo de Bombeiros, toda categoria receba mais boas notícias daqui para frente. Estrutura e valorização, além de gestão aliada à tecnologia são os focos para esse segmento, e quem ganha sempre é a população”, completou.

A presidente do Sindicato de Delegados de Polícia do Amazonas (Sindepol-AM), Emília Moreira, destacou a importância de Péricles no processo de negociação junto ao Governo.

“Quero agradecer ao nosso amigo deputado Delegado Péricles. Ele tem nos mostrado o quanto é importante ter um de nós na Aleam. Ouso dizer que, sem ele, nada disso seria possível”, afirmou.

Segundo Péricles, o ponto inicial na luta pela data base foi uma emenda da deputada estadual Alessandra Campelo, apresentada ainda em 2018. “Agora, a mensagem será encaminhada na segunda-feira (14) para a Assembleia Legislativa. O presidente designará comissão para finalmente seguir para a aprovação “, concluiu.

Sem Comentários

Deixe um Comentário