Companhia aérea Azul tem queda de 90% no tráfego de passageiros no mês de abril

“Esperamos retornar gradualmente nossos voos nos próximos meses”, diz CEO da Azul.

A companhia aérea Azul anunciou, nesta segunda-feira (11), um declínio de 90% no tráfego de passageiros em abril, em comparação com o mesmo período do ano passado.

Segundo a agência Reuters, o presidente-executivo da Azul, John Rodgerson, declarou:

“Acreditamos que estamos próximos a atingir um ponto de inflexão na demanda e esperamos retornar gradualmente nossos voos nos próximos meses.”

No mercado brasileiro, a demanda caiu 89,3% e a oferta diminuiu 87,2%, o que resultou em uma taxa de ocupação de 69,8%, contra 83,7% em abril de 2019.

Já nos voos internacionais, a taxa de ocupação ficou em 64%, uma queda de 22,9%, reflexo de uma baixa de 92,6% no tráfego de passageiros e de uma redução de 89,9% na capacidade.

Sem Comentários

Deixe um Comentário