Comandante da PM declara guerra as facções criminosas em Manaus

O comandante geral da Polícia Militar do Estado do Amazonas, Coronel Airton Norte, em entrevista ontem a um site de notícias, declarou que a determinação da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), é que o crime organizado na cidade seja sufocado.

Como parte dessas ações, o coronel embarcava para o município de Tabatinga, no extremo do Amazonas, já fronteira da Colômbia, para iniciar segundo ele, ações de inteligência para sufocar o tráfico e consequentemente a criminalidade provocada por essas facções que disputam o controle e venda de entorpecentes em Manaus.

Na madrugada de ontem (30/10), bandidos pertencentes a uma facção rival, invadiram o bairro da Betânia, para tentar tomar o controle do tráfico de um outra facção. O resultado desta ação foram 18 bandidos mortos pela ROCAM e força tática, além de apreensão de armas de grosso calibre como disse o comandante.

As próximas ações da Polícia nessa guerra declarada, não foram reveladas. Mas segundo fontes, o alvo será a invasão Monte Horebe instalada ao lado do Residencial Viver Melhor (Zona norte). A desapropriação da área para o governo, já é discutida como solução para dar um basta nas ações criminosas de facções que utilizam a invasão para esconder seus integrantes.

Foto: Divulgação

Sem Comentários

Deixe um Comentário