• No products in the cart.

Chanceler do Brasil diz que socialismo de Maduro está ruindo

O chanceler do Brasil fez novas críticas ao ditador da Venezuela, Nicolás Maduro, ao afirmar que o “socialismo do século XXI”, representado pelo líder chavista, está “ruindo”.

Em mensagem publicada no Twitter, nesta terça-feira (5), o ministro das Relações Exteriores do Brasil, Ernesto Araújo, disse que a ruína do socialismo na Venezuela é uma repetição do que ocorreu em “todos os países que adotaram esse modelo.”

O chanceler do Brasil participou ontem de uma reunião do Grupo de Lima em Ottawa, no Canadá.

O bloco reiterou que Maduro deve deixar o poder, mas ressaltou o apoio a um processo de transição pacífica por meio de métodos políticos e diplomáticos, sem o uso da força.

Em outra mensagem divulgada no microblog, Araújo afirmou que, depois da reunião, o governo interino de Juan Guaidó, autoproclamado presidente da Venezuela, passa a fazer parte do Grupo de Lima.

O chanceler considerou esse passo como um “poderoso impulso rumo à redemocratização” do país vizinho.

Sem Comentários

Deixe um Comentário