• No products in the cart.

Brunei punirá o sexo gay com morte por apedrejamento

O pequeno país asiático implementará novo e severo código penal, baseado nos preceitos islâmicos, que também prevê a amputação de uma mão ou pé por roubo.

O sultanato de Brunei punirá, a partir da semana que vem, com a pena de morte por apedrejamento o adultério e o sexo gay.

Os grupos de defesa dos direitos humanos reagiram com espanto nesta quarta-feira (27) a este último passo no endurecimento da lei desta nação regida pelas leis do Islamismo.

O pequeno país asiático implementará o novo e severo código penal, que também prevê a amputação de uma mão ou pé por roubo, a partir da próxima quarta-feira (29), informa o Correio Braziliense.

A punição consta no código penal que Brunei apresentou em 2014 baseado na Sharia, a lei islâmica.

A homossexualidade já é ilegal em Brunei, mas agora se tornará um crime capital. A lei só se aplica aos muçulmanos.

Sem Comentários

Deixe um Comentário