• No products in the cart.

ALE-AM estuda criar CPI para investigar cartéis de postos de combustíveis

Deputado Álvaro Campelo propõe uma nova Comissão Parlamentar de Inquérito. Há duas semanas vários postos aumentarem simultaneamente o preço do litro da gasolina na cidade

Na tentativa de investigar a existência de possíveis cartéis nos postos de combustíveis da cidade de Manaus, o deputado estadual Álvaro Câmpelo (PP), recém-empossado ao cargo na Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (ALE-AM), vai propor na manhã desta terça-feira (5), a criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito  (CPI) no plenário da Casa Legislativa.

“Sempre fui muito cauteloso com esta questão de apresentar uma CPI, mas como já venho acompanhando este assunto há algum tempo, desde quando atuava como vereador, e as suspeitas ainda continuam, decidimos optar por este rumo”, disse Campelo.

Segundo a assessoria de comunicação do parlamentar, a proposta da CPI surgiu após a participação do deputado em uma “força tarefa” juntamente com o diretor do Programa Estadual de Proteção e Orientação do Consumidor (Procon-AM), Jalil Fraxe, realizada há duas semanas, quando muitos postos de combustíveis aumentarem simultaneamente o preço do litro da gasolina na cidade.  Naquele ocasião, o  Ministério Público Estadual (MP-AM) e a  Defensoria Pública do Estado do Amazonas (DPE-AM) também participaram das reuniões e o deputado colheu dados para embasar o pedido de CPI que será apresentado hoje.

Comentários
  • Esse discurso não é de hoje nem p cartel praticado em Manaus. Agora, espero que não fiquem somente no enxame, pois quem paga o prejuízo, (preços abusivos) é o consumidor. Só um grandessissemo idiota acredita nessa conversa que os preços praticados são de livre escolha de cada dono de posto. Quem são os donos, como são definidos os preços de cada posto, o balanço e tabela de preços possui diferenças mínimas, configurando o cartel. Esta na hora da Federal entrar no caso ou o MPF.

    25 de março de 2019

Deixe um Comentário